Facebook do XerebeleTwitter do XerebelePinterest da XerebeleInstagram da Xerebele
Bem Vindo João Pedro e Vinícius Nicole Pietra João Lucas Ana Júlia Paulo Marcelo e Paulo Arthur
Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3

Novidades

Atenção aos acidentes domésticos

Atenção aos acidentes domésticos

Férias é época de brincar, passear, viajar. Para quem fica em casa, o passatempo costuma ser ver TV, jogar videogame ou computador e se divertir com os brinquedos que tem. Mas se você é do tipo que acha que seu filho está seguro dentro de casa, é melhor rever seus valores. Você sabia que os acidentes domésticos com crianças aumentam no período de férias?

“Acidentes domésticos são uma das principais causas dos atendimentos de emergência em crianças nos prontos-socorros. Tais intercorrências podem ser causadas inclusive por aquele brinquedo do seu filho que você considera inofensivo”, diz Francisco Lembo Neto, pediatra do Hospital Samaritano de São Paulo. O médico lembra que os pais devem ficar sempre atentos com as brincadeiras das crianças. No caso das crianças que ficam com parentes ou babás enquanto os pais trabalham, os cuidadores também deverão ser muito bem orientados a jamais deixar as crianças sozinhas. A seguir, o pediatra dá algumas dicas de como prevenir acidentes domésticos:

- Adquira apenas brinquedos que possuam selos de segurança de fontes confiáveis, como o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial).

- Para evitar engasgamento, prefira brinquedos grandes, sem partes pequenas que se desprendam com facilidade. As peças que compõem o objeto devem ser maiores do que o pulso da criança.

- Tente participar da brincadeira. Assim você consegue explicar para o seu filho como brincar com aquele objeto, além de participar do dia a dia da criança.

- Verifique regularmente os brinquedos à procura de danos. Cuidado com pequenas peças de bichos de pelúcia, por exemplo, que devem estar costuradas de forma que não se desprendam.

- Evite brinquedos com cordas maiores do que 15 centímetros para evitar estrangulamento e aqueles que possuem pontas afiadas.

- Não deixe que seu filho brinque com aparelhos elétricos ou próximo a fontes de energia, a fim de evitar choques e queimaduras.

Como agir no caso de acidentes?

No caso da criança sofrer um acidente doméstico, o primeiro-socorro é fundamental. O doutor Francisco Lembo orienta como agir em cada caso, mas lembra que, após realizar os primeiros-socorros, é imprescindível que os pais levem a criança a um hospital imediatamente:

- Em casos de engasgamento: quando a criança não consegue falar ou tem rouquidão aguda há indícios de dificuldade respiratória. Nestes casos, a manobra de Heimlich poderá ser utilizada, ou seja, abrace a criança por trás com as mãos fechadas na altura da boca do estômago e exerça uma pressão com um puxão para cima. Solicite auxílio especializado.

- Choques elétricos: desligue a chave geral e retire a vítima da fonte elétrica com objeto seco.

- Fraturas: não movimente o membro afetado. Tente imobilizar em dois pontos.

- Queimaduras: Lave o local com água gelada. Não toque na região afetada e não use nenhum produto, como creme dental. Em casos de sangramento tente conte-lo comprimindo o local ferido.

- Em todos os casos acima citados a criança deve ser encaminhada imediatamente para um Hospital.

Com informações do blog da jornalista Chris Flores.

Outras Novidades

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades.

www.xerebele.com.br

Av. Washington Soares, 4040
Loja 18 - Shopping Molina
(85) 3022.0602

Mauna Comunicação Interativa