Facebook do XerebeleTwitter do XerebelePinterest da XerebeleInstagram da Xerebele
Bem Vindo João Pedro e Vinícius Nicole Pietra João Lucas Ana Júlia Paulo Marcelo e Paulo Arthur
Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3

Novidades

Que tal participar de jogos e brincadeiras dos pequeninos e crescidinhos no fim de semana?

Que tal participar de jogos e brincadeiras dos pequeninos e crescidinhos no fim de semana?

A infância é a melhor fase da vida. Pena que muitas pessoas não se dão conta disso. Quantas crianças não sonham em crescer logo? Acham que serão mais feliz quando puderem fazer as coisas sozinhas, dirigir, comer o que quiser e na hora que quiser, não ter que fazer lição de casa quases todos os dias! E quando finalmente chegam à idade adulta, se dão conta de como era bom ser criança.

“Pensar na infância nos traz saudades de um tempo que não volta mais. De um tempo onde brincadeiras, jogos e fantasias estavam presentes em diversos momentos.  O que você fazia na sua Infância?

Quando éramos crianças, a verdade estava na nossa imaginação – onde éramos as princesas no castelo ou os cavaleiros em brilhantes armaduras matando o dragão. Em nossas mentes podíamos fazer qualquer coisa! Sonhar, fazer de conta, agir por impulso e correr risco eram situações permitidas na Mundo da Infância. Momentos mágicos, memoráveis, coloridos e únicos são criados na infância”, diz Tiago Aquino da Costa e Silva, o Professor Paçoca, também conhecido como Dr. Brincar.

Especialista em Educação Física Escolar e vice-presidente da Associação Brasileira de Recreadores (ABRE), ele lembra que a infância é um período onde há um grande desenvolvimento da criança, estabelecendo maturidade física e psicológica, e relacionando-se com o eu, com os outros e com o mundo exterior, através dos jogos e brincadeiras.
“O brincar e o jogar são momentos sagrados na vida de qualquer indivíduo. É com a prática dos jogos e das brincadeiras que as crianças ampliam seus conhecimentos sobre si, sobre os outros e sobre o mundo que está ao seu redor, desenvolvem as múltiplas linguagens, exploram e manipulam objetos, organizam seus pensamentos, descobrem e agem com as regras, assumem papel de líderes e se socializam com outras crianças, preparando-se para um mundo socializado”, explica o professor.

O Dr. Brincar lembra que os pais devem procurar brincar mais com os filhos não só para estimular o desenvolvimento das crianças, mas também para eles próprios relaxarem e deixarem de lado pelo menos por alguns instantes os problemas do dia a dia.
“Não se esqueça: A infância não é uma idade, mas antes um processo de espírito positivo, despertado com muita criatividade, competência e sonho! Traga esses valores para a sua vida de adulto, e assim, as conquistas se tornarão menos árduas”, finaliza o professor Paçoca.

Com informações do site Chris Flores

Outras Novidades

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades.

www.xerebele.com.br

Av. Washington Soares, 4040
Loja 18 - Shopping Molina
(85) 3022.0602

Mauna Comunicação Interativa