Facebook do XerebeleTwitter do XerebelePinterest da XerebeleInstagram da Xerebele
Bem Vindo João Pedro e Vinícius Nicole Pietra João Lucas Ana Júlia Paulo Marcelo e Paulo Arthur
Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3

Novidades

Como montar a lancheira do seu filho

Como montar a lancheira do seu filho

As aulas já começaram. Passado todo aquele sufoco de começo de ano em comprar o material escolar, rever se está tudo certo com o uniforme e retomar a rotina de dormir e acordar mais cedo, eis que surge mais um detalhe importante para quem tem filhos pequenos: preparar o lanche para mandar para a escola.

“Quem não se pergunta quando vai montar o lanche do filho: o que vou colocar hoje? Na correria do dia a dia, os pais ou os cuidadores (avós, e parentes) possuem o tempo reduzido no preparo, logo acabam por optar pelos alimentos prontos e industrializados. É importante
ter em mente que lanche é uma refeição importante do dia, e não deve representar apenas uma obrigação, mas sim um ato de prazer e com qualidade nutricional para nutrir e não somente “encher a barriga” da criança”, explica a nutricionista Roseli Ueno.

A especialista dá algumas dicas dos alimentos que podem ser mandados para a escola:

- frutas como maçã, pêra, uva sem semente, banana, morango, frutas picadas como o melão, manga, melancia, entre outras;
- sanduíche com peito de peru e queijo;
- bolachas sem recheio;
- tomate “cereja”, mini cenouras, palitos de pepino;
- iogurte;
- sucos industrializados, mas sempre verifiquem a quantidade de açúcar no rótulo;
- ovo cozido;
- 1 fatia de bolo simples, como chocolate, laranja, baunilha;
- 1 barra de cereal;
- 1 frasco de leite fermentado;
- frutas secas como uva passa, damascos, castanhas, amêndoas, abacaxi, morango, entre outros.
- Evite salgadinhos, bolachas recheadas, balas, pirulitos, entre outras guloseimas. Você pode combinar com seu filho 1 dia da semana para ele levar o que quiser, pois é uma forma de educá-lo quanto a quantidade.

“Mas lembre que, não é porque você enviou o lanche saudável que ele irá comer, afinal sempre tem a história de que o lanche do vizinho é mais gostoso que o de casa. Vale estimular a criança. Peça para o seu filho ajudar a montar o cardápio de lanche da semana, leve-o junto com você ao supermercado para comprar o que ele irá levar para a escola”, orienta a doutora Roseli.

E não se esqueça: envie os alimentos sempre em lancheira térmica, para sua adequada conservação

Quer mais dicas?

Uma das frutas que as crianças mais gostam e também a mais prática para mandar de lanche é a maçã, que pode ser comida inteirinha. Mas se o seu filho não gosta da casca, o jeito é tirar e mandar a fruta cortada em fatias. O problema é que, se a fruta não é comida na mesma hora, escurece. Isso ocorre porque a fruta possui algumas enzimas que oxidam quando entram em contato com o ar.

O mesmo ocorre com a banana. Para que isso não aconteça e a criança deixe de comer a maçã só porque ela escureceu, aí vai uma dica valiosa. “Depende do tipo de faca utilizada para cortar. A faca de aço inoxidável ao entrar em contato com a maçã faz escurecer. Uma dica é usar facas de cerâmica, ou colocar um pouco de limão se for comer mais tarde. Ou, se for salada de frutas acrescente um suco cítrico, como o de laranja”, ensina a nutricionista Roseli Ueno.

Incentive o consumo de água, no mínimo 6 a 8 copos ao dia, e não somente quando tiverem sede, pois a sede já é o início de uma desidratação.

Não deixem que as crianças bebam líquidos enquanto comem, pois acharão que estão satisfeitos, quando somente estão “inchados” e sentirão fome mais tarde.

Se cuidarmos da alimentação hoje, estaremos prevenindo doenças no futuro, como a diabetes, hipertensão, colesterol alto, gastrite e muitas outras. E eles ganharão muitos anos de vida saudável.

Com informações do site da jornalista Chris Flores.

Outras Novidades

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades.

www.xerebele.com.br

Av. Washington Soares, 4040
Loja 18 - Shopping Molina
(85) 3022.0602

Mauna Comunicação Interativa