Facebook do XerebeleTwitter do XerebelePinterest da XerebeleInstagram da Xerebele
Bem Vindo João Pedro e Vinícius Nicole Pietra João Lucas Ana Júlia Paulo Marcelo e Paulo Arthur
Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3

Novidades

Viajando de navio com as crianças

Viajando de navio com as crianças

As férias vem ai, para quem está pretendendo viajar com a família e fazer um cruzeiro, saiba que os melhores navios, além de terem piscinas infantis e monitores, já contam com áreas especialmente planejadas para crianças.
Mas, se você não está seguro de que deve embarcar nessa viagem, montamos um guia com mitos e verdades sobre cruzeiros, para acabar com qualquer dúvida:

Seu filho vai ficar entediado em um cruzeiro
MITO
Além das piscinas e das visitas às praias, o navio oferece uma série de atrações, como shows, tirolesa, carrossel, patinação no gelo, quadras, muro de escalada, aulas de surfe e decoração de cupcake... Você recebe no quarto a programação do dia na noite anterior, e a verdade é que, por mais que sua família esteja disposta a aproveitar cada centímetro da embarcação, provavelmente não vai conseguir fazer tudo!

Navios dão enjoo
MITO
Quanto maior o navio, menos sua família sentirá o balanço. No entanto, é comum ter a sensação de que o chão está se movendo, principalmente à noite, quando o capitão aumenta a velocidade. Não é típico, mas pode ser que seu filho tenha mal-estar ou até episódios de vômito. Nesse caso, peça para o pediatra receitar um remédio ou faça uma consulta com o médico do navio.

Cruzeiros são caros
EM PARTE
Uma semana em um cruzeiro all inclusive pode custar o mesmo que em um resort da mesma categoria. A questão é que, quando se está a bordo de navios, gorjetas fazem parte da viagem. Você pode pagá-las no último dia, em um envelope. A conta é cerca de US$ 10 por pessoa e por dia, e criança também paga.

Esse tipo de viagem é para universitários ou pessoas de mais idade
MITO
Há vários tipos de navios e passeios. Normalmente, os cruzeiros são pensados para atender toda a família, inclusive com filhos em idades bem diferentes. No entanto, vale checar a programação antes de comprar a passagem. Isso porque, às vezes, você pode fazer um cruzeiro junto com uma turma em viagem de formatura ou até embarcar no dia de uma festa rave.

Grávidas e bebês são bem-vindos
EM PARTES
Grávidas de até 24 semanas podem viajar sem problemas. Já os bebês precisam ter pelo menos 6 meses completos no dia do embarque. Ah, e também não é permitido nenhum tipo de fralda nas piscinas.

É uma boa oportunidade para as crianças conhecerem novas culturas
VERDADE
Há passageiros do mundo todo em cruzeiros internacionais e é comum ver duas crianças que não falam a mesma língua brincando juntas. No entanto, para atividades em grupos, quem não fala inglês ou espanhol pode ficar um pouco perdido. As crianças até são resilientes e fazem as atividades por imitação, mas as maiores podem ficar frustradas por não entender o que está sendo dito. Além disso, em um cruzeiro pelo Caribe, por exemplo, seu filho pode parar em diversos portos, conhecendo países, pessoas e comidas diferentes.

Pode ser ruim para crianças alérgicas
VERDADE
Os navios costumam ser revestidos de carpete. Não se sente cheiro de mofo, mas pode ser bom levar os remédios que seu filho está acostumado, só por garantia.

É cheio
VERDADE
Em tempos de alta temporada, se você não chegar cedo, não consegue cadeira para sentar na piscina. Apesar de os navios terem muitas atrações, tudo tem muita gente.

É apertado
EM PARTES
No Allure of the Seas, é relativamente fácil circular com um carrinho de bebê (aliás, é preciso levar o seu e ele será muito útil!), no entanto vale perguntar para a operadora do navio sobre o tamanho dos corredores. As cabines também são relativamente espaçosas, mas, se precisar armar um berço, por exemplo, a circulação pode ficar bem limitada. Não há grades de segurança para as camas das crianças nem banheiras para banho.

A criança pode cair no mar
MITO
Os parapeitos do navio são de vidro transparentes e altos. No entanto, claro, é sempre importante os pais ficarem de olho. Por falar em segurança, todos os menores de 3 anos recebem uma pulseira antes de embarcar com o número do bote salva-vidas para onde devem ser levados caso haja um acidente e estejam longes dos pais.

Não tem muita opção de comida para crianças
MITO
Existem diversos tipos de restaurantes no navio, logo, qualquer exigência ou restrição alimentar é contemplada. Há desde maçãs até diferentes tipos de salsichas para cachorro-quente. Quem manda são os pais! Vale destacar a cordialidade dos garçons e demais funcionários. Durante o jantar, por exemplo, eles se encarregam de adiantar os pratos das crianças, que têm um menu especial e oferecer distração a elas, com giz de cera e papel.

Com informações do site Revista Crescer

Outras Novidades

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades.

www.xerebele.com.br

Av. Washington Soares, 4040
Loja 18 - Shopping Molina
(85) 3022.0602

Mauna Comunicação Interativa