Facebook do XerebeleTwitter do XerebelePinterest da XerebeleInstagram da Xerebele
Bem Vindo João Pedro e Vinícius Nicole Pietra João Lucas Ana Júlia Paulo Marcelo e Paulo Arthur
Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3

Novidades

Como tirar fotos bonitas do bebê

Como tirar fotos bonitas do bebê


Naturalidade

O primeiro mandamento é aproveitar os momentos que surgem. Os retratos espontâneos são os que melhor capturam a graça do seu bebê. "Muitos pais acham que os filhos não gostam de tirar foto, mas o que as crianças não querem mesmo é sair da rotina", ensina a fotógrafa Kamille Raupp, de São Paulo.

O modelo

Sua intuição de mãe é o termômetro. Se perceber que seu filho acordou de mau humor, não insista em fotografá-lo. Desista também se ele estiver sonolento, febril ou com o nariz escorrendo.

Hora dos cliques

Aposente a expressão: "Olhe o passarinho" e não peça ao bebê que sorria ou faça caras, bocas e poses - ele não entende nada disso. "O ideal é que o pequeno se esqueça da máquina na sua mão e aja naturalmente", diz a fotógrafa Catarina Zimbarra, de Lisboa. Uma saída é ficar com a câmera por perto enquanto brinca com o filhote e ir disparando alguns cliques ocasionais só para descontrair.

Criatividade

Pular, cantar e brincar também ajuda. Mas não prolongue demais a sessão. "Depois de uma hora, as crianças se cansam", afirma a fotógrafa paulistana Fernanda Bozza

Luz

As fotógrafas são unânimes: a luz natural é perfeita para criar uma atmosfera aconchegante, que valoriza a beleza e a delicadeza do bebê. "Os períodos ideais são até 10 horas e logo após as 16", ensina Fernanda.

Cuidados

Dentro de casa, procure um cômodo com bastante claridade. "As janelas proporcionam uma luz difusa, que cria ótimos efeitos. Já a luz direta e frontal, como a do flash, produz sombras e dá a impressão de falta de volume", explica Catarina.

Ângulo

"Fotografe de longe sem que o bebê perceba nem olhe para a lente", ensina a fotógrafa Marcela Barros, de São Paulo. "Também gosto de fazer cortes diferentes, pegando só o rosto em close, por exemplo, sem mostrar as orelhas e o queixo".

Contato visual

Para Kamille, o maior erro é clicar a criança de cima para baixo. "Ela parece achatada. O melhor é sentar ou deitar, colocando-se na altura dela", ensina. Catarina também é adepta dessa técnica. "Costumo ficar no chão com os pequenos, mantendo o contato visual".

Figurino

Famosa por criar looks para lá de fofos, Kamille é fã de composições inusitadas. "Adoro o contraste dos materiais rústicos com a pele delicada do bebê", diz ela. Para o figurino, Kamille propõe criar uma atmosfera retrô, vestindo o filhote com alguma peça de crochê, tricô, babadinho ou renda.

Momentos

É preciso cuidado para não ter informações demais concorrendo com o bebê. O ideal é um fundo de cor única ou com estampa delicada. Uma receita de sucesso? Deixe seu filho adormecer na sua cama, sobre um lençol ou uma colcha bacana, suba no colchão e fotografe-o do alto.

Com informações do site CLÁUDIA.
Foto: Dreamstime

Outras Novidades

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades.

www.xerebele.com.br

Av. Washington Soares, 4040
Loja 18 - Shopping Molina
(85) 3022.0602

Mauna Comunicação Interativa