Facebook do XerebeleTwitter do XerebelePinterest da XerebeleInstagram da Xerebele
Bem Vindo João Pedro e Vinícius Nicole Pietra João Lucas Ana Júlia Paulo Marcelo e Paulo Arthur
Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3

Novidades

Campanha de vacinação contra o HPV começa hoje

Campanha de vacinação contra o HPV começa hoje

Meninas de 11 a 13 anos devem ter atenção à campanha que começa hoje em todo o Brasil e tem como foco a proteção contra o Papiloma Vírus Humano (HPV). A campanha “Cada Menina é de um jeito, mas todas precisam de proteção” será iniciada nas unidades de saúde e, de forma especial, nas escolas públicas, como forma de reforçar a sensibilização para a vacinação.
Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a ação pretende vacinar 63.640 meninas em Fortaleza. A campanha tem a parceria da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) e da Secretaria Municipal da Educação (SME).
Cada menina deve tomar três doses da vacina para completar a proteção. A segunda dose deve ser tomada seis meses após a primeira. A última é aplicada cinco anos depois da primeira dose. Para ser vacinada, é preciso apresentar o cartão de vacinação ou um documento de identificação.
Em 2014, o Ceará receberá 540.440 doses da vacina. É o maior número da região Nordeste, que receberá, ao todo, mais de 3 milhões de doses.

HPV

A vacina do HPV só passou a fazer parte do calendário de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS) este ano. Em 2015, a vacinação será ampliada para as meninas de 9 e 10 anos. O Ministério da Saúde indicou perspectiva de vacinar 80% das meninas de 11 a 13 anos do País por meio da disponibilização da vacina em 36 mil postos em todo o País, além das escolas da rede pública.
O foco nas meninas dessa faixa etária para a campanha de 2014 tem como argumento a melhor resposta de proteção que esse grupo pode apresentar, indicou o Ministério. A vacina usada será a quadrivalente, que protege contra quatro subtipos do vírus: 6, 11, 16 e 18 e é a recomendada pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).
Em todo o mundo, 70% dos casos de câncer de colo de útero são causados pelos subtipos 16 e 18. O câncer do colo do útero, uma das principais causas de morte de mulheres no Brasil, está associado à infecção pelo vírus HPV, por isso, a importância da vacina e do exame anual para as mulheres.

A transmissão do HPV ocorre por meio do contato com mucosas ou pele infectadas durante a relação sexual, assim como da mãe para o bebê na hora do parto.
A vacina, é importante ressaltar, não substitui o uso de preservativos, assim como a realização do exame papanicolau, que deve ser feito anualmente, em especial pelas mulheres entre 25 e 64 anos.

Serviço
Saiba onde encontrar as unidades de saúde em Fortaleza:
http://migre.me/id19r
Para falar com a Ouvidoria da SMS, ligue: 3452 6619


Saiba mais
Acompanhamento
O Ministério da Saúde indicou a realização de estudos para avaliar a redução da prevalência do HPV com a incorporação da vacina no SUS.

O HPV

Existem mais de 150 tipos diferentes de HPV, 40 deles podem infectar o trato genital. Desses 40, 12 são considerados de alto risco e podem provocar câncer. Os demais podem causar verrugas genitais.
Na maioria dos casos, o HPV é eliminado pelo organismo de forma espontânea e não apresenta qualquer sintoma. Em outros, o vírus pode evoluir para doenças.
Usar camisinha, realizar higiene pessoal e se vacinar são algumas formas de prevenção.


Com informações do Jornal O Povo

Outras Novidades

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades.

www.xerebele.com.br

Av. Washington Soares, 4040
Loja 18 - Shopping Molina
(85) 3022.0602

Mauna Comunicação Interativa