Facebook do XerebeleTwitter do XerebelePinterest da XerebeleInstagram da Xerebele
Bem Vindo João Pedro e Vinícius Nicole Pietra João Lucas Ana Júlia Paulo Marcelo e Paulo Arthur
Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3

Novidades

Os 10 melhores livros infantis

Os 10 melhores livros infantis

Os livros infantis divertem, emocionam, inspiram. Escolher os melhores para ler com o filho, ou para ele se aventurar sozinho, está longe de ser uma tarefa simples. Todos os anos são lançados, em média, 2 mil títulos. (Até que não fazemos feio para uma nação que lê pouco. Nos Estados Unidos, cerca de 4 mil títulos infantis saem das editoras por ano.) Essa avalanche se traduz em adultos indecisos nas livrarias. Levo este ou aquele? Qual o ideal para a idade dele? Para facilitar sua vida, elegemos os melhores livros para crianças.

Procuramos orientação da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), que indicou especialistas em literatura para entrevistarmos. Também reviramos a biblioteca da CRESCER e ainda buscamos gente que não tem titulação acadêmica, mas que de alguma forma está ligada à literatura infantil. Chegamos a uma incrível lista com mais de 320 títulos. O grande campeão foi Reinações de Narizinho. Ele não foi o único nacional. Dos 55 títulos apresentados nas próximas páginas, 34 são de autores brasileiros. Agora é seguir a orientação da escritora Lygia Bojunga: "Leiam. Porque nada atinge tanto a imaginação de uma criança quanto um bom livro".

Estes são os dez livros mais citados. Tem poesia, conto, prosa. Clássico. Contemporâneo. Que faz pensar, sorrir, suspirar e emocionar. Para criança grande, pequena e também para o adulto (decidimos indicar idades em todos os 55 livros apenas como referência aos pais e não uma regra). Podem ser o início de uma biblioteca particular - ou pública. E, independente do estilo, são todos feitos para a criança morar, como desejou Monteiro Lobato.

Reinações de Narizinho,

de Monteiro Lobato (Editora Brasiliense, R$ 52). Narizinho, Pedrinho, Emília, Visconde de Sabugosa, Dona Benta e tia Nastácia mergulham em aventuras no Sítio do PicaPau Amarelo. Não dá para ficar imune ao texto de Lobato. Ele constrói histórias como quem tece uma renda, e faz parecer conversa de peixe conversa com besouro e idéias de boneca de pano com sabugo de milho parecer normal. A partir de 6 anos.

A Bolsa Amarela,

de Lygia Bojunga (Editora Casa Lygia Bojunga, R$ 20). Em uma velha bolsa doada por uma tia, Raquel esconde três grandes vontades: a de crescer, a de ser garoto e a de se tornar escritora. Lygia aborda os conflitos internos e externos da personagem, por meio de amigos secretos, fantasias e questões do mundo real. As reflexões ajudam os pequenos a dialogarem com seus conflitos. O texto segue solto. Não dá vontade de largar. A partir de 8 anos.

Bisa Bia, Bisa Bel,

de Ana Maria Machado (Editora Salamandra, R$ 23). Na premiada obra, Bel se encanta por um retrato da sua bisavó, ainda criança. Ela nunca a conheceu, mas imaginar um relacionamento entre as duas faz com que Bisa Bia se torne uma grande amiga e confidente. A partir de 7 anos.
Marcelo, Marmelo, Martelo e Outras Histórias,
de Ruth Rocha e ilustrações de Adalberto Cornavaca, (Editora Salamandra, R$ 23). O livro tem três histórias: Marcelo, Marmelo, Martelo, Teresinha e Gabriela e Os Donos da Bola. Nelas, os leitores conhecem crianças que se deparam com reveses comuns no universo infantil, como a dificuldade de diálogo entre adultos e crianças. Os desenhos expressam a vivacidade e inocência que envolvem estas lições. A partir de 6 anos.

Ou Isto ou Aquilo,

Cecília Meireles e ilustrações de Thaís Linhares (Editora Nova Fronteira, R$ 29). É o único livro de poesia entre os dez mais citados. O texto de 1964 é atual e introduz a criança no jogo de palavras, no humor e na sensibilidade de Cecília Meireles, que instiga os leitores a notar, entre tantas coisas, que a vida é repleta de duras escolhas. A partir de 4 anos.

Contos de Grimm,

de Wilhelm e Jacob Grimm (Editora Cia. das Letrinhas, R$34). Nesta versão, com tradução de Heloisa Jahn e ilustração de Elzbieta Gaudasinska, encontram-se alguns dos textos escritos pelos irmãos alemães, no século 19, a partir de histórias populares, como Branca de Neve e O Pequeno Polegar. Cheios de moral, caem bem para abordar conflitos e medos infantis. A partir de 4 anos.
Contos de Andersen, de Hans Christian Andersen (Editora Ática, R$ 49,90). Com tradução de Mary França e belos desenhos de Eliardo França, a obra reúne, em dois volumes, alguns contos do dinamarquês, seguidor do estilo dos irmãos Grimm: O Patinho Feio, Soldadinho de Chumbo e As Roupas Novas do Imperador. Uma das características de Andersen é criar texto cheios de heroísmo dos oprimidos, além de abordar problemas como perdas e abandono. A partir de 4 anos.

Flicts,

de Ziraldo (Editora Melhoramentos, R$ 29,90). Era uma vez uma cor muito rara e muito triste que se chamava Flicts. Ela sofre por não se encaixar em lugar algum. Não está no mar, no arco-íris, nas bandeiras. Até que ela descobre a que veio e mostra que todos têm seu lugar especial no mundo. A partir de 4 anos.

O Menino Maluquinho,

de Ziraldo (Editora Melhoramentos, R$ 22). Alegria, carisma e esperteza em um menino bem maluquinho que cria sol em dias de chuva, abraça o mundo com as pernas, brinca com sua sombra, canta, distribui segredos. Com maestria, o autor trata de infância, felicidade e amadurecimento. A partir de 7 anos.

Alice no País das Maravilhas,

de Lewis Carroll (Cia das Letrinhas, R$ 32). "Que graça tem um livro sem conversas ou figuras?" Assim começa a história de Alice, a menina que cai num poço e sai em outro mundo. Entre tantas, esta edição, contada por Ruy Castro e ilustrada por Laura Beatriz, foi citada pelos entrevistados como a melhor do clássico de 1862, primeiro grande título da Moderna Literatura Infantil. A partir de 9 anos.

Com informações da Revista Crescer

Outras Novidades

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades.

www.xerebele.com.br

Av. Washington Soares, 4040
Loja 18 - Shopping Molina
(85) 3022.0602

Mauna Comunicação Interativa