Facebook do XerebeleTwitter do XerebelePinterest da XerebeleInstagram da Xerebele
Bem Vindo João Pedro e Vinícius Nicole Pietra João Lucas Ana Júlia Paulo Marcelo e Paulo Arthur
Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3 Nicole3

Novidades

Quando seu filho vai falar mamãe e papai?

Quando seu filho vai falar mamãe e papai?

Até o primeiro ano de idade, o choro vai ser a única forma de comunicação do seu bebê com o mundo. Com 1 ano, ele vai começar a balbuciar, ou seja, emitir alguns sons. Quando ele disser “ma” e “pa”, você vai vibrar como se fosse um perfeito “mamãe” e “papai”. E é justamente essa resposta positiva que vai atribuir significado aos sons e estimular o processo de desenvolvimento da fala. “Os pais devem conversar com seus filhos desde que nascem, falar com o bebê olhando para ele e sempre de maneira correta. Isso facilita o aprendizado”, diz a fonoaudióloga e psicomotricista Raquel Caruso.

Por mais fofo que seja, resista à tentação de repetir “auá” quando seu filho estiver querendo dizer água, porque isso reforça a pronúncia errada e faz com que ele demore mais para falar corretamente. Não precisa dizer que ele está falando errado, para não deixá-lo inibido, mas sim responder com a maneira correta: “Ah, você quer água? É água que você quer?”, dando ênfase na palavra em questão. Isso vai fazer com que ele continue tentando falar do jeito certo até chegar o momento em que vai conseguir. Até 1 ano e 6 meses, a criança já fala algumas palavras simples com significado, mas é normal se isso não acontecer até os 2 anos.

Quando é hora de buscar um especialista?

“Se até os 3 anos a criança fala pouco ou quase nada, ela precisa de ajuda de um especialista indicado pelo pediatra”, afirma Andréa Cristina Cardoso, fonoaudióloga do Hospital Sírio-Libanês (SP). E as razões podem ser várias.

Primeiro, o médico vai descartar problemas neurológicos ou psiquiátricos, como lesões cerebrais, autismo e esquizofrenia. Depois, vai verificar a audição. Explica-se: para que a criança desenvolva a fala, é preciso que ela escute bem, afinal, a linguagem é adquirida pela imitação.

Tenha paciência e incentive-o a pedir o que quer. Lembre-se: as consultas de rotina ao pediatra da criança são fundamentais para que ele avalie seu desenvolvimento e quando é hora de haver intervenção de algum outro profissional.

Com informações da Revista Crescer.

Outras Novidades

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades.

www.xerebele.com.br

Av. Washington Soares, 4040
Loja 18 - Shopping Molina
(85) 3022.0602

Mauna Comunicação Interativa